.mais sobre mim

Envia-me um e-mail

.pesquisar

 

.posts recentes

. Garrano

. Urso pardo

. Hamster

. O coelho

. Os Golfinhos

. Carta ao Verdinho - Escol...

. PATO-REAL

. A LONTRA

. O GANSO

. Melro-metálico

.arquivos

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

|ESPAÇO CRIANÇA| |DICAS VERDES| |DIAS AMBIENTAIS| |ANIMAIS|

|PLANTAS| |AMBIENTE| |HISTÓRIAS E JOGOS| |SONDAGENS|
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010

COMA

Nome comum:

Coma
 
Nome científico:
Polygonia c-album
 
Morada:
Existe em Portugal, mas só no Norte e Centro. Em cada ano há duas gerações: uma no fim do Inverno e outra no fim da Primavera, é habitual no percurso de descoberta da natureza do Parque Biológico de Gaia.
 
Género:
Não é fácil distinguir machos e fêmeas. Normalmente os machos gostam de guardar um território ao sol e tentam convencer qualquer fêmea que passe ali a acasalar.
 
Filiação e nascimento:
Esta borboleta pertence à família dos Ninfalídeos.
Todas as borboletas surgem na forma de um ovo esverdeado que é posto isoladamente pela fêmea em folhas e ramos de plantas que podem ser urtigas, olmos, abrunheiros ou aveleiras.
Desse ovo nasce a lagarta espinhosa, castanha com uma mancha clara.
Esta fase de larva é a da alimentação. Quando termina procura um sítio onde se sinta bem, imobiliza-se, e passa à fase seguinte, que é a de crisálida. Agora apresenta um casulo castanho com pintas escuras, onde passa por grandes transformações, até que eclode como insecto adulto: a borboleta.
Quando fecha as asas é mimética, confunde-se com o ambiente, em tons acastanhados, a fim de escapar aos predadores, tais como aves, pequenos répteis e outros insectos.
 
 Idade:
Aparece em duas gerações por ano. Na segunda geração evidencia tons mais claros. Tem uma envergadura de 4 a 5 centímetros.
 
Ameaças:
O desaparecimento das florestas autóctones prejudica a espécie, pois perdem as plantas hospedeiras para completarem o ciclo de vida.
 
Conservação:
Manter porções de urtigal mesmo em áreas de lavradio, e orlas de floresta. Evitar o coleccionismo; é preferível coleccionar fotografias das várias espécies.
 
Bibliografia:
«As borboletas de Portugal», de Ernestino Maravalhas.
http://www.tagis.org
 
Conteúdo Desenvolvido por:
 
Parque Biológico de Gaia
http://www.parquebiologico.pt
sinto-me:
tags:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 18:28
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010

A Natureza Brincalhona propõe Workshops para educadores, professores e público em geral…

 

 
Workshops
 
Duração
Datas Previstas
Preço
Workshop de Origami
3 H
·         Dia 27 de Janeiro 2010 das 18 H às 21 H
22,50 €
Workshop de Pinturas Faciais e Modelagem de Balões
6 H
·         Dia 30 de Janeiro 2010 das 10 H às 13 H
·         Dia 06 de Fevereiro 2010 das 10 H às 13 H
55,00 €

   
Dia 27 de Janeiro 2010
 
·       Workshop de Origami
 
 
Os participantes vão aprender a arte de dobrar papel, transformando uma simples folha nas mais variadas figuras.
 
§ Construção flores
§ Kasudama
 
Público-alvo:educadores, professores e público em geral
Local:Incubadora D. Dinis – Rua da Carvalha, Parceiros – Leiria
 
Dias 30 de Janeiro e 06 de Fevereiro 2010
 
·       Workshop de Pinturas Faciais e Modelagem de Balões
 
Este workshop tem como objectivo iniciar os participantes na prática das pinturas faciais e escultura de balões, mediante exercícios e técnicas de balonismo.
 
Público-alvo:educadores, professores e público em geral
Duração:6 horas (3h para Pinturas faciais e 3h para Modelagem de balões)
Local:Incubadora D. Dinis – Rua da Carvalha, Parceiros – Leiria
 
Incluído na Inscrição:
Saco de 100 Balões
Bomba Dupla Acção
 
Ø Formação para mínimo de 5 formandos;
Ø Entrega de Diploma de participação.
 

Mais informações em www.natureza-brincalhona.pt

tags:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 13:30
link do post | comentar | favorito

AS FORMIGAS

Já deves ter visto muitas formigas. Eu já. Então, quando vou fazer piqueniques vejo tantas e aparecem tão depressa. Pois é, querem umas migalhas da minha comida.

 
Sabias que as formigas constroem as suas próprias casas?
É verdade, são os chamados formigueiros. Elas são muito engenhosas e constroem castelos debaixo da Terra, cheios de túneis e com muitas divisões. Têm uma divisão onde guardam os alimentos, outra onde as larvas são tratadas (os filhotes das formigas), outra para a rainha, e muitas outras.
 
Vivem várias formigas no mesmo formigueiro e dividem as tarefas. A rainha, a maior de todas as formigas, põe ovos. As restantes formigas (as fêmeas) procuram comida, limpam a casa, cuidam das crias e defendem o formigueiro dos inimigos. Elas são muito trabalhadoras e guerreiras ferozes.
 
Sabes o que fazem os machos?
Os machos apenas acasalam com a rainha e não vivem muito tempo. Um formigueiro pode ter apenas uma ou várias rainhas. E só estas podem ter filhotes.
 
A rainha nasce com asas, mas depois do acasalamento ela perde as asas e passa a vida a pôr ovos. Os ovos passam por várias mudanças até as formiguinhas nascerem (ovos, larvas e pupas).
 
Sabias que as formigas comunicam umas com as outras?
Um formigueiro tem o seu próprio cheiro, por isso, quando aparece um estranho as formigas reconhecem-no logo porque ele tem um cheiro diferente.
 
As antenas das formigas são muito importantes. As antenas ajudam-nas a encontrar comida e a reconhecer as outras formigas.
 
Quando uma formiga encontra comida ela deixa no caminho pegadas perfumadas. Depois, outras formigas vão usar esse caminho para, também elas, encontrarem comida.
 
As formigas são muito pequenas, mas muito fortes. Imagina tu que elas conseguem transportar mais de 20 vezes o seu peso.
 
Verdinho
tags:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 13:14
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 8 de Janeiro de 2010

ATELIERS EXPRESSÃO PLÁSTICA

A Natureza Brincalhona propõe para os sábados do mês de Janeiro ateliers ambientais muito divertidos e educativos…

 
As crianças irão passar momentos diferentes e divertidos, aumentando a sua aprendizagem e o gosto pela Natureza, através de brincadeiras e actividades educativas. E no final levarão para casa as suas construções e brinquedos…
 
Sábado – 16 de Janeiro 2010
 
  • Eco-Música
Neste atelier de expressão plástica as crianças irão construir os seus próprios instrumentos musicais reciclados. De uma forma educativa e divertidaas crianças irão aprender a reciclar e mais sobre a música.
 
- Construção de instrumentos musicais reciclados
 
 
Preço:7,50 €
Idades das Crianças:dos 4 aos 10 anos
Duração:2 horas
Horário:10h às 12h
Local:Incubadora D. Dinis – Rua da Carvalha, Parceiros – Leiria
 
 
Sábado - 23 de Janeiro 2010
 
  • A Magia de Transformar o Plástico
Um atelier dedicado à reutilização onde as crianças irão construir bonecos e animais ecológicos a partir de garrafas PET. Pretende-se ensinar às crianças que com a reutilização de garrafas de plástico se pode fazer divertidos objectos.
 
 
Preço:7,50 €
Idades das Crianças:dos 4 aos 10 anos
Duração:2 horas
Horário:10h às 12h
Local:Incubadora D. Dinis – Rua da Carvalha, Parceiros - Leiria
 
 
Sábado - 30 de Janeiro 2010
 
  • Mobiles Reciclados
Neste atelier de expressão criativa os mais pequenos são estimulados a fazer mobiles com material reciclado, dando-se asas à imaginação e criatividade das crianças.
 
- Construção de mobiles reciclados
 
Preço:7,50 €
Idades das Crianças:dos 4 aos 10 anos
Duração:2 horas
Horário:10h às 12h
Local:Incubadora D. Dinis – Rua da Carvalha, Parceiros - Leiria

 

 

Mais informações através do e-mail comercial@natureza-brincalhona.pt ou do telefone 244 859 465

publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 11:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito